7 de junho de 2015

Organizando todas as áreas da minha vida


Organiza! :)

As últimas semanas do mês de maio foram decisivas no rumo que tenho tomado na minha vida ultimamente. Dores, recomeços e esperança de um futuro promissor foram meus dilemas. Tive algumas "turbulências" no meu relacionamento, planejei os momentos finais de estreia desse novo projeto (blog), refiz todo meu horário de estudos, iniciei a academia e fiz umas modificações pessoais importantíssimas que mexeram comigo profundamente. Aprendi, aprendi e aprendi. Tudo já está ótimo e encaminhado, vamos falar mais sobre isso. 

Foram as duas últimas semanas piores e melhores da minha vida. Tirei uma experiência fora do comum e tenho aprendido mais ainda nos momentos depois de toda a mudança. Posso confessar que estou feliz, apesar dos poucos momentos negativos. Venho me planejando de maneira fiel e sem descanso e tenho rendido excelentes frutos. Algumas preocupações já não me norteiam mais e sendo assim tenho respirado um pouco. E focado naquilo que é especialmente importante para mim. 

Entrei na academia há algumas semanas e posso dizer: por que não voltei antes? Sim, eu já tinha feito musculação há alguns anos e parei por diversos motivos fúteis. Mas agora voltei com carga e força total, fiquei pouco dolorido dessa vez e posso dizer que meu rendimento e cansaço no final do dia aumentou mil por cento, hahaha. Vida saudável sem extremismos é meta para a vida toda. Venho mudando minha alimentação gradativamente, pois até há algumas semanas atrás eu apenas vinha me adaptando a uma alimentação balanceada de frutas, legumes, cereais e verduras. Há alguns meses aderi muito aos conceitos e receitas vegetarianas e diminui bastante minhas porções de carne. Fui pesquisando e me informando e é uma "luta" constante, mas muito prazerosa. Ainda estou em processo de mudança alimentar. Pensando em usar a carne bem preparada para ter uma dieta mais equilibrada, mas sei que o fato de comer carne não garante saúde. Vale a pena pesquisar mais. Nada é definitivo, principalmente quando se trata de alimentação. Vou relatando aqui no blog aos poucos toda mudança na minha alimentação. <3

Tenho tomado decisões cruciais em relação a minha espiritualidade e nada é definitivo. "Vai tudo bem", só digo isto por enquanto. 

No que se diz respeito a minha carreira e vida profissional posso dizer que estou fazendo uma mudança de planos. Universidade, cursos e emprego está passando por uma repaginada geral. Como vou prestar vestibular em Outubro desse ano, pelo ENEM, já tenho duas opções de curso para colocar e estou feliz com essas escolhas. São cursos bem distintos, mas que amo de paixão. Isso que importa. Tenho muitos planos até 2015 acabar, sendo assim estou tomando todas as medidas possíveis para realizá-los no prazo que determinei. Tudo está se encaixando. 

Sobre este blog, o meu mais novo projeto Viajante das Letras, tenho dedicado boa parte de minhas "horas livres". Tem me consumido bastante, mas daquele jeito maravilhoso, sabem? E tenho feito sorrindo a cada conquista. Como amo ser blogueiro, venho me dedicando muito a fazer tudo direitinho e com maestria. Como deve ser. Tem muita coisa boa vindo por ai, hein. Só para vocês terem ideia, já tenho o cronograma de posts do ano todo de 2016 fechado e já venho planejando (30% em andamento) o cronograma de 2017. 

Há um outro projeto que venho trabalhando em silêncio, que já está quase finalizado, que vou reformular e fazer algo lindo, por enquanto é segredo. Aguardem. Publicarei aqui no blog uma postagem explicando direitinho em breve. Só Deus sabe minha empolgação, rs. 

Tive algumas reflexões pessoais e venho estudando o que é melhor para mim, minha família e minha saúde. Tem dado tudo muito certo e só tenho a agradecer ao meu Senhor. Sobre meus estudos já reformulei meu novo horário de estudos analisando dia, hora, matérias e minha disponibilidade com outras atividade diárias. Lembrando que no meu horário o sábado e o domingo não estudo para vestibular, mas foco em outros projetos mais urgentes e de lazer. Já está dando tudo certo. Falo mais sobre quando eu ir destrinchando a rotina e vendo se funciona para mim. Detalhe: não tenho abusado do horário e conheço minhas limitações. Hora de dormir é sagrada, pois é o que me faz levantar no dia seguinte de cinco da manhã: uma noite de sono bem dormida. 

Ah, e tenho mais uma novidade. Além da academia, também comecei a algumas semanas praticar o ioga. Era uma prática que também eu tinha parado há anos e fiz a obrigação de voltar a praticar em casa. Minha prática se restringe a apenas os movimentos e alongamentos, não estudo a pratica mais a fundo, nem tenho envolvimento com religião alguma pelo ioga. Minha saúde e bem-estar é o foco maior.

No mais meus queridos, é isso. Aos longo das minhas postagens diárias vocês vão notando como está minha rotina e as áreas da minha vida. Vou contando os processos para vocês e o que tem funcionado para mim baseado nas minhas experiências pessoais. Foi ótimo ter essa conversa com vocês porque fui limpando minha mente nos pontos mais importantes e no que tenho que trabalhar mais. Um ótimo dia, grande abraço!

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

2 comentários:

  1. Oi, Ewerton!
    Organizar a vida é sempre um exercício de reflexão sobre a própria vida. Encontrar o equilíbrio é o que há, pois nada de excesso faz bem, assim como a falta.
    Ainda não consegui me livrar de comer carne, mas sigo o Vista-se que sempre dá dicas de alimentação entre outras necessárias ao entendimento dos motivos que levam a pessoa a praticar o veganismo. Vamos dizer que sei o que é certo e o que é errado, porém existe uma linha tenue entre ser um exemplo e ser um rebelde.
    O ruim do prazer é que ele é apenas momentâneo e satisfaz apenas o instante.
    :)
    Boa sorte com suas escolhas!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luma! Nem me fale... é exatamente assim. Se não tiver o equilíbrio, tudo desanda. Eu deixei de comer carne já faz alguns meses e comi algumas poucas vezes alguns produtos de carne. Tenho avaliado se isso é certo para mim, mas de forma pessoal mesmo. Razões que avalio: minha saúde, planeta e pelos animais. Também sigo o Vista-se e muitos blogs do assunto. Mesmo que eu não me torne 100% vegetariano, eu sempre vou gostar dessa área e incluirei muitas receitas do meio. Acho muito show!

      O bom é que quando não nos agradarmos mais, podemos mudar e moldar tudo. Deixar de comer carne é uma dessas mudanças possíveis. Estou estudando para ver se para mim, há cabimento de fazer essas mudanças. Obrigado pelo lindo comentário minha querida, volte sempre! Sempre <3

      Ewerton Lenildo.

      Excluir

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.