28 de agosto de 2015

Por onde começar a melhorar minha alimentação?



Muito se fala hoje em dia de ter uma alimentação saudável, começar a se alimentar melhor e praticar uma alimentação saudável aliada ao exercício físico. Tudo isto é válido e muito bom para quem deseja seguir. Vamos falar justamente em como cada um de nós pode, de maneira equilibrada e gradual, começar a se alimentar melhor e dar uma equilibrada na nossa saúde. Comecemos. 

Temos que ter muito discernimento em quem damos ouvidos em todas as áreas do conhecimento e na nutrição e medicina relacionado a este meio de prevenção de doenças não é diferente. Muitos são os doutores do instagram e do facebook. Temos muitas vezes que consultar um médico fora das redes sociais e dos comentários calorosos dos fãs extremistas. 

Por isso friso: antes de qualquer mudança na alimentação, seja para qual for o objetivo esperado, consulte um médico e crie de acordo com seus pré-requisitos (de histórico familiar, vida que leva atualmente, condições financeiras, entre outros requisitos) para que ele - que sabe do que está falando - faça sua dieta de acordo com as suas necessidades e quereres mais próximos. 

Depois de ter consultado um médico vamos falar mais como se alimentar melhor de forma bem pessoal. Como não sou consultor de dieta de ninguém, direi como eu tenho feito diariamente com o meu projeto pessoal de #AlimentaçãoMelhorada. 

Todos os dias tenho acordado às cinco da manhã para justamente preparar minha alimentação à tempo de dar início aos meus outros compromissos do dia. Tenho dividido basicamente assim:

Café da manhã - Um pão com 12 grãos + presunto + queijo coalho + alguma verdura em folha. 

Lanche da manhã - Um suco com algumas torradas. 

Almoço - Feijão (preto ou normal, depende do dia) + verduras + carne de boi ou galinha assada + arroz normal (tenho sentido falta do meu arroz integral). 

Lanche da tarde - suco de alguma fruta que gosto ou vitamina. 

Jantar - Geralmente estou comendo sopa, ou macaxeira, cuscuz, batata doce ou inhame. Nunca nada fora disso. Não como pão à noite. 

Lanche da ceia - como muita besteira numa lanchonete que é vizinha da minha casa. (Algo que tenho que mudar com urgência, pois já está virando meu vício diário).

Basicamente tenho resumido assim. Apesar de algumas escapadas, tenho me alimentado de forma melhorada e de três em três horas. Uma delícia cumprir prazos, digo para vocês. 

Creio que ninguém é perfeito nestes quesitos de ser 100% Fitness. Também não creio ser muito possível, mas não vou afirmar o que não sei. Cada organismo é único e cada um se adapta à alimentação que melhor se apraz. 

Falei um pouco de forma esquematizada sobre como tenho feito de sábado a sábado. Tomem uma base. Num post futuro falar mais especificamente de benefícios e malefícios de frutas, verduras, legumes, grãos e diversos alimentos que consumimos todos os dias. Este post é mais uma introdução de vários posts sobre como começar a melhorar a alimentação.

É importante priorizar que, nem todos os meus alimentos têm sido muito bons. Por exemplo, o presunto é industrializado e não tão saudável e muitas frituras são no óleo. Mas como eu disse no início estou mudando de forma gradual minha alimentação. A cada dia estou me informando mais e mais e cortando alguns alimentos e acrescentando outros. 

Nos próximos posts falo como tenho usado as frutas e alimentos saudáveis em minha alimentação e como isto tem dado certo ou errado comigo. Vai ser um papo bem gostoso e interessante com alguns dados a mais sem ser somente minhas impressões e rotina pessoal. Antes de tudo, se informe! Conhecimento nunca é demais e quando se trata de alimentação saudável, devemos pesquisar em muitas fontes diferentes. 

Vamos conversar um pouco sobre o assunto. Vamos numa introdução, como vocês estão se alimentando? Já pensaram em melhorar sua alimentação? Conte-me suas rotinas meus amigos leitores, grande abraço! 
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.