14 de setembro de 2015

O que é Feng Shui?

Paz.

Desde tempos antigos, os chineses sempre procuraram habitar em locais que fossem favoráveis para eles no quesito de boa terra, bom ambiente, boas energias. Quando havia uma junção de todos os elementos e uma conexão do ser humano com o meio onde escolhera para viver, o local era o ideal e por sua vez o escolhido.

Feng shui (風水) é traduzido literalmente como "vento e água". O Feng shui procura sempre estar em harmonia com o meio ambiente, preservando-o e utilizando dele tudo o que necessita para o estabelecimento da vida como um todo. Preservar a natureza é preservar o espírito do Feng shui. Sentir a natureza é fincar um elo de confiança entre o ser humano e a paz em seus ambientes. 

Há a crença de que sem a água e o ar (vento) nada pode se formar ou sobreviver. Nenhum ambiente pode ser completo sem a presença (direta ou indireta) destes elementos em suas essências formadas. Posso dizer que o Feng shui tem início muito presente nas correntes de pensamentos e quando toma forma e matéria, só reflete um conjunto harmônico para o melhoramento e elevação espiritual individual. Elevação do QI como diriam os chineses. 

Tudo o que respira, que anda e que vive em algum local da terra, tem que entrar em harmonia com o ambiente para poder emitir boas vibrações, melhorar o seu humor e até evitar certas enfermidades que opressões negativas podem causar. 

O Feng shui está presente não só no ambiente como nos objetos e móveis de tudo o que forma um ambiente. Pertences pessoais, mobília, iluminação, ventilação, cores, tudo o que compõe o ambiente. Inclusive coisas não visíveis como sentimentos e estados de espírito. Suas energia deve estar em harmonia com o meio à sua volta. 

Estou falando com as minhas palavras, mas há muito mais sobre o Feng shui aqui (Wikipédia), aqui (Escola nacional de Feng shui) e aqui (Instituto Brasileiro de Feng shui). É um assunto amplo que pode envolver diversas ciências e áreas do conhecimento. 


"A aplicação do feng shui depende do lugar onde nos encontramos na Terra, da geografia do lugar, perto de um rio, onde supostamente "a energia corre", está em movimento, ou perto de uma montanha, onde a energia se acumula. No caso de pessoas: onde nascem, onde vivem." Só para ficar um pouquinho mais claro.

Ouça como é a pronúncia do termo Feng shui aqui. Há algumas escolas no Brasil que preservam o tradicional Feng shui chinês. Abertas a aulas, palestras e cursos. Quem quiser saber mais sobre elas, basta pesquisar no Google que aparece uma lista com todos os dados. Bem interessante. Sociedade Feng shui e Sociedade Taoista do Brasil são umas delas. 

Há também muitos cursos online sobre o Feng shui na internet com e sem certificado grátis. Estou até para fazer um no Learncafé. O curso é este aqui (pago). Há este no Prime cursos - aqui (grátis). Nunca é tarde para saber mais sobre o Feng shui, não é? 

Recomendo fortemente a leitura deste texto aqui sobre o Feng shui, que eu já citei lá em cima da postagem e repito aqui embaixo: aqui, pois ele explica bem direitinho de uma forma bem ampla algumas origens desta arte milenar. 

Há toda uma filosofia ao redor do Feng shui nas cores, na decoração, na arquitetura, nos cômodos de casa, etc. Cada casa pode ter uma aplicação diferenciada do Feng shui. Depende do conjunto de coisas. O morador (por dentro e por fora), o local, o espaço, a luminosidade, mobílias, tudo e mais um pouco. 

Vamos conversar sobre este assunto. Este post não foi tão aprofundado pois não gosto de copiar e colar coisas que não são de minha autoria, mesmo dando os devidos créditos. Nos próximos posts vamos conversar melhor sobre o assunto, esta foi uma pequena introdução neste assunto que eu amo de paixão e que acho que tem sua grande importância nas nossas vidas em geral. 

Fica a pergunta meu amado(a) leitor(a): Você já tinha ouvido falar sobre esta arte chinesa que vem ganhando força nos últimos anos no Brasil? Vamos conversar. Abraços.
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

2 comentários:

  1. Oi, eu não sabia e nem conhecia essa arte que está sendo praticada aqui no Brasil também...
    Eu gostei da cultura, me pareço um pouco, pois gosto muito de natureza e luto para a preservação da mesma.. Sem contar que o meu signo é precedente do ar... <3
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto amor <3

      Tenho visto como uma arte muito recente no Brasil, poucos a conhecem de verdade e o sentido de trazê-la para seu dia a dia, mas creio que isto está mudando aos poucos. Obrigado pela sinceridade e lindo comentário, grande beijo!

      Excluir

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.