13 de outubro de 2015

20 hábitos que podem ajudar a salvar o planeta


Estamos rumo a uma extinção em massa, onde só sobreviverá quem mais resistir, quem mais se adaptar. Estamos rumo a um clima de tensão entre países em que parece que a ordem precisa ser restaurada pois algumas pessoas, inclusive líderes mundiais, perderam a noção de simplicidade e compaixão. A cada dia temos pessoas mais fazendo erro do que ajudando a salvar o planeta. Leis e decisões que só faz prejudicar a nós próprios com a desculpa de progressão e desenvolvimento. Leve engano. Prosseguir é ajudar o planeta a respirar, a sobreviver e não entrar em uma guerra de extinção em massa. No ritmo que vamos, não duraremos muito e as próximas gerações sofrerão irreparavelmente. Dito isto, deixo aqui 10 hábitos (que venho praticando há um tempo) e que vai ajudar, se cada um fizer e der sua parcela, a salvar o nosso lindo planeta azul:  

1) Economize água;

Não é de hoje que o desperdício com um dos recursos, se não o mais precioso, mais indispensáveis para nossa sobrevivência é fora do comum. Já começou a faltar em vários continentes e os que que a água já era escassa, piorou a situação. O desperdício é alarmante, cerca de 70% de toda água potável é destinada a agricultura. Isso é muita coisa. Portanto, no uso doméstico, faça a sua parte! Feche a torneira quando estiver escovando os dentes, desligue o chuveiro quando estiver se ensaboando, troque todas as torneiras defeituosas e vazamentos da sua casa/apartamento. Deixe as encanações em dia para evitar problemas. Evite ficar regando plantas além do necessário, lavando calçadas ou lavando pratos com uma cachoeira corrente. Use regador para as plantas e o mínimo de água a cada prato e talher lavado. Economize! Já venho fazendo isto por aqui. 

2) Economize energia;

O ser humano, creio eu, não se adapta mais ao total escuro, como a milhões de anos passados. Já nascemos conhecendo a luz e ela já é familiar. Entretanto, para se ter luz, sabemos que o processo é desgastante e que utiliza bastante recursos ambientais. Energia é cara e sempre utilizada. Economize nas lâmpadas da sua casa trocando-as (se você já não o fez) por lâmpadas fluorecentes de economia de energia. Evite deixar luzes acesas em cômodos vazios. Faça uma revisão em todos os aparelhos eletrônicos da sua casa e reveja a possibilidade e a necessidade de se ter todos em funcionamento 24 horas por dia. Reduza sua conta de luz, ajeite fiações e ajude o meio ambiente e seu bolso a respirarem melhor. 

3) Não jogue papel na rua;

Essa é uma tecla que sempre bato e divulgo. Até já falei sobre isso faz pouco tempo nas redes sociais desse cantinho maravilhoso. Sempre guardo qualquer tipo de lixo que eu venha a acumular quando estou fora de casa nos bolsos e na bolsa. Custe o que custar, se eu não achar uma lixeira apropriada na rua, guardo no bolso. Sempre. Fico doente quando vejo por várias e várias vezes pessoas mal instruídas jogarem lixos na rua como se pesasse guardar na bolsa. É um absurdo! Depois perguntam porque está tão quente, não é? Simplesmente não fazem a conexão. Jogar lixo na rua é atacar o planeta direta e indiretamente, por um dia e por vários anos, pense nisso! Conscientize quem joga e ajudemos mais a nossa casa terra. 

4) Respeite o próximo;

Está aí um dos maiores maus da humanidade desde muito remotamente: a falta de respeito. A cada dia a maioria das pessoas estão mais egoístas, desenvolvimentistas pessoais, fechadas em seu mundo particular e estressadas para com o outro. Trabalhe e exercite a paciência. Como já dizia Pitty em uma de suas músicas: "exercita a paciência." Com a paciência vem o respeito, a tolerância e muitas vezes a compaixão e o amor. É tudo o que precisamos. Amor pelo próximo, amor pelo planeta, amor por nós mesmos. Por favor, mais respeito. Mais paz, mais compreensão. É preciso se colocar no lugar do outro, na prática pode ser um pouco complicado, mas torne isto um hábito louvável. Respeito é fundamental! Incentive o respeito, seja prestativo sem receber nada em troca.

5) Consuma o necessário;

O consumismo na nossa era é para lá de estonteante e absurdo. Muitos possuem o hábito de ter, poder e possuir mais do que realmente precisam privando o outro de coisas básicas. Que tal deixar de consumir exageradamente, frear um pouco seu querer, para ajudar outras pessoas em situações horríveis? Deixe de consumir e invista em você, invista no seu próximo. Compre alimentos não perecíveis, doe roupas, ajude casas e ONG's de recuperação a viciados em drogas. Faça uma sociedade mais feliz e estruturada socialmente! São tantos lugares precisando de apoio e auxílio que é difícil até escrever aqui! O que não falta é gente do bem necessitando de ajuda! Sejamos auxiliadores da vida! Comece salvando o planeta ajudando pessoas e diminuindo o impacto ambiental consumindo somente o necessário. É possível fazer reduções que não prejudiquem sua qualidade de vida. Pense nisso!

6) Alimente-se melhor e com mais equilíbrio;


Não é de hoje que uma alimentação balanceada e mais saudável ajuda a manter a natureza em seu curso natural. Quanto mais consumirmos produtos industrializados e cheios de agrotóxicos e outros produtos nocivos a saúde pessoal e ambiental, mais o planeta vai sofrer com a demanda e lixo exorbitante. Contribuindo com a compra desses produtos incentivamos as empresas a produzirem mais e mais e nem tudo é aproveitado gerando assim o desperdício em níveis catastróficos. Com uma alimentação mais equilibrada e saudável você ajuda seu corpo e desenvolve todas as suas habilidades ao máximo. Nem preciso dizer os benefícios de uma ótima dieta à base de frutas, legumes, grãos e verduras, não é? Comece hoje a mudar sua alimentação e ajude nosso planeta!

7) Troque o carro pela bicicleta quando possível;

Também bato muito nessa tecla e sou super a favor da troca do carro pela bicicleta. Claro que falta muita estrutura em nosso país e o devido respeito para se andar com este transporte, posso dizer assim, ecológico. Entretanto, também sei que há trajetos muito longos para se fazer com uma bike. Mas será que não tem como reduzir o uso do carro? Sair com ele pelo menos três vezes na semana e o restante sair com a bicicleta? Caso não dê para fazer isto, opte pelo transporte público, eu sei que não é mil maravilhas, mas também não é impossível de se pegar. Não tem o conforto individual, mas é por uma causa maior! Reduza ficar andando de carro para cima e para baixo, salve o planeta e reduza a emissão de gases poluentes! A questão política aqui é deveras importante também, hein? Por isso é tão importante pesquisar políticos que podem ajudar o meio ambiente e mudar as situações de locomoção e transportes no país em casa cidade e estado. Vote consciente, pesquise e se informe com tudo o que você puder sobre cada político e só vote nos aptos à mudanças!

8) Recicle o máximo que puder;

Seja papéis, seja aparelhos eletrônicos, seja alimentos. Reaproveite, refaça, reponha, reutilize, recicle! Use, se possível, somente papéis recicláveis e utilize-os por completo. Use as folhas frente e verso e anote até nos espaço que não terás mais como utilizar, hahaha. Sério, tem como utilizar cem por cento nossas folhas do dia a dia. Opte por resmas e cadernos recicláveis. Cuidado com o destino que você dá aos aparelhos eletrônicos que você não vai mais utilizar. Descartamos aparelhos como se fossem brinquedos, então não os jogue em qualquer lixo, muito menos no de casa. Há pontos de coletas de quase todas as marcas. Olhe a marca de seu aparelho e pesquise um ponto em que eles fazem o recebimento do seu produto defeituoso. Não jogue nada na natureza pois o dano é imensurável! Cuidado. Na alimentação reaproveite todos os alimentos que você puder! Cascas de ovos, cascas de frutas para sucos, vitaminas e cereais caseiros, pós, chás, temperos, há tantas opções que se podem aproveitar de alimentos "inteiros". Recicle seu pensamento e consequentemente reciclará sua cozinha. Pense nisso!  

9) Seja um ativista ambiental;

Seja um colaborador mais ativo das causas ambientais. Não é vergonhoso, na verdade, é honroso. É por uma causa maior! Se você tem parceria com alguma ONG ambiental, continue contribuindo! Seja colaborador - financeiramente falando ou não - de programas e instituições que ajudem o meio ambiente. Use a internet como forte aliada à preservação e manutenção das causas ambientais. Se você tem um blog, página no facebook, ou qualquer outra rede social ativa (o que não é nada raro hoje em dia) utilize-a para divulgar paz, preservação, harmonia e consciência ecológica! Dê dicas, pesquise, se informe e divulgue as informações verdadeiras. Participe de campanhas e reuniões ambientais na sua cidade. Espalhe cartazes e panfletos recicláveis para conscientização das pessoas e do meio ambiente. Façamos cada um a nossa parte. Pesquise no Google sobre o assunto que sei que você achará muitas possibilidades para se inteirar ao meio.

10) Cuidado com o lixo de casa;

Não é de qualquer jeito que devemos embalar nosso lixo e jogá-lo na rua. Espere a coleta passar para jogar seu lixo devidamente empacotado e embalado. É muito comum vermos calçadas com lixos abertos e espalhados por catadores de lixo e animais de rua atrás de alimento. Com um lixo bem ensacado e no seu devido lugar, a dificuldade de abri-lo e de deixa-lo exposto é bem maior. Contribua para uma cidade mais limpa e facilite o trabalho daqueles que fazem a coleta todos os dias. Temos que ter cuidado com o que jogamos e misturamos no lixo. Cada produto tem seu destino. Não misture cacos de vidros de modo que possa ferir alguém, cuidado! Jogue seu lixo com consciência e no local adequado. Procure pontos de coleta em seu bairro e cidade que você encontrará muitas soluções. Não procure o fácil e o básico se isto prejudicar o planeta em que você mora.

11) Plante uma árvore;

Este deveria ser o dever e pré-requisito básico de formação estudantil e acadêmica de qualquer instituição de ensino. Superior ou não. Na minha opinião, os alunos de qualquer ano ou idade, só poderiam se formar caso tivessem em seu currículo o plantio de X quantidade de árvores no decorrer de sua vida estudantil. A necessidade de plantio de novas árvores é para ontem! Todos os dias são desmatados inúmeros hectares de florestas que levaram anos para crescer. Se corta mais do que se planta. Como isto pode dar certo? Como todos bem sabem, precisamos das árvores para infinitas coisas, respirar um ar puro, sombra, solo saudável, alimentação, etc. Sem contar que árvores também são seres vivos! Devemos respeitar, como eu falei mais acima, qualquer forma de vida. Plante uma árvore sempre que puder e nos terrenos que você pode fazer isto, nada de invadir áreas privadas sem autorização. Leve mudas de plantas e muitas sementes com seus amigos e faça aquele passeio delicioso fazendo o que é bom para todos nós. 

12) Cuidado com o destino dos aparelhos eletrônicos;

É comum descartar smartphones de qualquer jeito em qualquer lixo de casa. Isso está para lá de errado! Estes aparelhos, em especial as baterias dos mesmos, causam danos inexplicável ao meio ambiente e quando depositados em lixões ao céu aberto é que piora a situação. Exposição direta do sol e outros fatores ambientais causando ainda mais destruição. Procure pontos de coleta, como falei logo acima, e redirecione seus aparelhos inutilizados para seus devidos lugares e pontos de retificação. Geralmente todas as lojas oferecem meios de você se desfazer do(s) aparelho(s) com a própria marca. Então pesquise na internet e ache o ponto de coleta mais próximo de você. Ajude o planeta descartando seus aparelhos no seu devido local e não na natureza.

13) Dê adeus aos sacos plásticos;

São muito úteis, admito. Seja para levar alguma coisa, colocar lixo doméstico, entre outras coisas. Entretanto, dê preferência a sacolas e sacos ecologicamente corretos. Leve e traga suas compras em sacolas recicláveis. Além de mais resistentes a pesos e feitas de melhor material, são muito duradouras. Se quiseres, e isto importar, podes até pegar estampas que sejam visualmente bonitas. Imagens da natureza e cores vibrantes (se isto vier ao caso, rs). O que quero frisar aqui é o uso das mesmas e sua importância! Plástico na natureza demora um bom tempo para se deteriorar e muitos destes plásticos servem de alimentação para os animais, que acabam sufocando com eles. Um exemplo muito triste e conhecido é o das tartarugas marinhas. Quando vêm um saco plástico, comem pensando que é alimento, e morrem de uma forma terrível. Procure maneiras mais ecológicas de uso de sacolas, se despeça das sacolas plásticas. No mercado há muitas opções até de ecobags e bolsas de praia que podem te salvar. Não tem desculpa.

14) Digitalize sua vida;

Com a tecnologia no auge a sociedade está aprendendo que não há necessidade de se fazer tudo mexendo com papel. Contas a pagar, correios de voz, idas a bancos, pagamentos, documentos como fotos, músicas e afins, etc etc etc., podem ser facilmente digitalizados e entrar nas nuvens do seu HD virtual. São inúmeros planos grátis e pagos para você guardar todos os seus documentos online e com total segurança e privacidade. Quando paramos para analisar, poucos são os documentos que realmente precisam ser impressos e guardados. A maioria dos processos de hoje podem ser feitos via online e com uma economia de tempo considerável. Adapte-se às mudanças e comece a digitalizar a sua vida. Economize tempo, dinheiro e papel nas suas transações bancárias, comerciais e pessoais. Comece filtrando sua vida nas redes sociais e veja o porquê de ter tudo o que você tem hoje. Comece sua faxina e tenha sempre que menos pode ser mais. 

15) Desligue aparelhos eletrônicos depois do uso;


Como vou falar mais detalhadamente no post de amanhã sobre isso, não vou me prolongar muito aqui. Só ressalto a importância de desligar todos os aparelhos eletrônicos quando não estão em uso. Isso é muitíssimo necessário, pois alguns, mesmo desligados gastam energia silenciosamente. É o caso da televisão, aparelho de DVD, carregadores que estão na tomada e não estão carregando nada. Todos eles gastam e consomem energia. Não é aparente na sua conta de energia pois o valor é pequeno, mas no fim do ano, se você fizer um somatório verá que é um gasto considerável e que pode ser evitado. Quando terminar de usar, desligue. Especialmente o computador. Tenha cuidado e atenção redobrada. 

16) Opte por pilhas recarregáveis;

Pilhas recicláveis são outro nível. Caso você não ache estas pilhas (não são difíceis de achar, mas em todo caso) você pode reciclar todas as pilhas que você usar. E como você pode fazer isso? A coleta seletiva é a melhor opção:

A resolução n° 257/99 do CONAMA coloca em seu artigo primeiro:

"As pilhas e baterias que contenham em suas composições chumbo, cádmio, mercúrio e seus compostos, necessário ao funcionamento de quaisquer tipos de aparelhos, veículos ou sistemas, móveis ou fixos, bem como os produtos eletroeletrônicos que os contenham integrados em sua estrutura de forma não substituível, após seu esgotamento energético, serão entregues pelos usuários aos estabelecimentos que as comercializam ou à rede de assistência técnica autorizada pelas respectivas indústrias, para repasse aos fabricantes ou importadores, para que estes adotem diretamente, ou por meio de terceiros, os procedimentos de reutilização, reciclagem, tratamento ou disposição final ambientalmente adequado".

Ou seja, pontos de coleta ou com as próprias empresas, você pode fazer esta distribuição e não jogar em qualquer lugar as pilhas. Se informe e faça corretamente! 

17) Compre na feira ao invés da farmácia;

Reportando à questão da alimentação saudável, comprar na feira e de preferência produtos orgânicos (já falei sobre nossas queridinhas feiras orgânicas neste post aqui, relembre), é bem melhor do que comprar na farmácia, não é? Ajude o meio ambiente melhorando sua alimentação e consumindo somente o necessário para sua qualidade de vida e sobrevivência. Ache o balanço e a organização e comece a se alimentar melhor a partir de hoje. Comprar na feira é bem melhor do que comprar na farmácia, vá por mim. 

18) Ame a natureza!

Parece bobagem mas você nada pode fazer pela natureza se você não criar uma afinidade com a mesma. Tenha em mente que para preservar a natureza você não precisa adora-la, mas você deve no mínimo ama-la. Respeita-la. Conhece-la mais a fundo para criar laços. A todos a natureza causa um efeito calmante, inspirador, uma sensação de bem-estar, de conexão. Amar a natureza é amar a nós mesmos, pois dela dependemos e ela depende de nós. Ame a natureza e só assim comece a lutar com ela, garanto que a paixão será correspondida e tudo fará mais sentido. Lutar dará mais gosto. Quando é por amor, nada se espera em troca, só o bem!

19) Limpe sempre seus aparelhos eletrônicos minuciosamente;

Se possível, abra seus aparelhos eletrônicos e os limpe por dentro. É comum um aparelho ou objeto ficar tendo um mal funcionamento por conta da poeira e sujeira que ao longo do tempo vai acumulando em seu interior. Prejudicando assim seu tempo, sua produtividade e consumindo muito mais recursos para funcionar, prejudicando o planeta com gasto excessivo de energia e outras matérias primas. Um aparelho limpo, muitas vezes, serve mais do que se você comprar um novo. Evitando assim o consumismo. Cuide e recicle seus aparelhos eletrônicos até o máximo que você pode usá-los. Sem contar que tudo limpo auxilia até na sua produtividade, não é? Nada como trabalhar num ambiente limpo e organizado. <3

20) Conscientize as pessoas ao seu redor.

Depois de ter visto e lido todas estas dicas não posso fechar com chave de ouro pedindo esta maravilha, não é? É preciso conscientização! Conscientize seus amigos, vizinhos, familiares e todos os conhecidos e desconhecidos que você puder! Há muitas formas de se fazer isto direta ou indiretamente. Conscientização é muito importante nesta luta pelo meio ambiente, pela sobrevivência de todos nós. Um meio ambiente mais saudável, é o que todos queremos e precisamos. Ter consciência disto já é um começo divino. Espalhe esta ideia! 

Organize-se e mude seus hábitos para melhor! Estes são só vinte hábitos que vão nos ajudar a salvar nosso planeta de um jeito mais possível e acessível a todos. Consciência ecológica é o que poucos têm e isto tem que mudar. Use a tecnologia a seu favor e a favor do meio ambiente, é possível! Salvar o planeta também é uma questão cultural. A sociedade precisa se conscientizar e se adaptar a formas mais saudáveis de sobreviver. Melhoremos nossa postura e façamos aquilo que achamos correto em prol de nós mesmos e de nosso planeta azul. Um abraço de consciência, até amanhã.
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

2 comentários:

  1. Oi, Ewerton! Tudo bem? Mais um excelente post sobre conscientização que você posta por aqui! Estou gostando de ver, hein? Espero que você continue fazendo posts assim e que as pessoas passem a aderirem a causa! Parabéns pelo post! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado meu querido! Sabe aquele tipo de post que quanto mais você escreve, mais você quer escrever? Posi então, este foi um destes posts! Como ficou bem extenso, resolvi parar. Penso se devo ou não fazer uma parte dois do mesmo, hahaha. Até logo, abração!

      Excluir

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.