7 de outubro de 2015

Como anda sua saúde?


Na correria do dia a dia, quando não temos "tempo" para em algo que não seja o trabalho ou os estudos, acabamos nos deparando com uma péssima constatação: não estamos nos alimentando como deveríamos. Falo da maioria, claro. Há sim uma minoria esforçada e regrada no que se diz respeito alimentação saudável e vida saudável. Conheço muitos. Mas todos nós em dado momento cometemos deslizes e alguns de nós acabam relaxando consideravelmente e por conta do pouco "tempo" e indisposição de cozinhar, acabam se atolando em comidas prontas e industrializadas.

É um péssimo hábito pois sabemos que em breve nosso corpo começará a dar sinais de dolorosas proporções. Ansiedade, estresse, cansaço físico e mental, indisposição, irritação e fome desregular são apenas alguns dos sintomas. Uma boa alimentação é no mínimo obrigação. Vejo que o corpo humano resiste e muito agressões ao passar dos anos de tanta besteiras que a maioria ingere. Nosso corpo vive em processo de limpeza e desintoxicação. É renovação constante, senão poderia ser fatal para nós. 

Antes de qualquer mudança na alimentação os nos hábitos de vida, devemos consultar um profissional da área da saúde, mais especificamente um médico, para um diagnóstico mais certo de acordo com seu objetivo, seu histórico familiar, seu metabolismo, etc. De acordo com você em específico. Nada de fazer loucuras e ficar fazendo exercícios de maneira errônea ou se prejudicando com dietas loucas. Preste atenção.

Só depois de consultar um médico, você deve se perguntar: como anda minha saúde? O que posso fazer para mudá-la para melhor? São esses pontos que devem ser estudados para então você organizar seu orçamento, seus horários e sua vida para incluir horário de refeições e horário de exercícios. Se locomover, se exercitar, se mexer é a melhor coisa para a mente e para o corpo. Digo por experiência própria, que minha alimentação interfere diretamente no meu dia a dia para turbiná-lo ou arruína-lo. 

Quando pratico algum esporte ou atividade que soou a camisa, minha disposição transborda e fico muito mais alerta e disposto. Pode ser qualquer horário. Quando você prioriza, você encaixa um tempo para sua saúde, vá por mim. Temos tempo para tudo, só basta nos organizarmos com consciência e equilíbrio. Há rotinas, horários e compromissos mais pesados e inadiáveis que outros, isto é certo, mas o tempo é igual para todos nós. A diferença é como aproveitamos ele, tendo em vista que o mesmo é precioso por demais.


Mudar a alimentação é um ponto chave do sucesso. É fato que uma boa alimentação aliada ao exercício físico, além de prevenir inúmeras doenças e problemas incuráveis, te dá uma qualidade de vida fora do comum. Seu metabolismo acelerado te transforma em outra pessoa e até a vida você encara com mais positividade e bom humor. Nada como tirar o estresse se exercitando, maravilha! 

Ingira carboidratos na medida correta, muitas frutas, legumes, sementes e verduras. Consulte seu médico antes para saber o que pode ou não comer. Hoje em dia com o avanço da internet e da tecnológica no geral, ficou fácil se informar. Sabendo filtrar as boas informações, conseguimos nos informar a cerca das propriedades, locais e tudo o que precisamos para começar a nos alimentar melhor. E em qualquer lugar que estejamos, basta ter uma conexão à internet e puff, estamos aprendendo! 

Sabendo disto tudo não há mais desculpas para não tentar mudar a alimentação, não é? "Ah, Ewerton, mas eu tenho preguiça, não consigo seguir à risco nenhum plano de alimentação." Meu bem, quando a gente quer, a gente consegue. Quando a gente não quer, a gente dá uma desculpa corriqueira. Reveja suas possibilidades, prepare-se nos seus orçamentos e comece alguma atividade física ainda este mês. Seja dentro ou fora da sua casa. Se quiser auxilio, venha conversar comigo pelas redes sociais, que vou adorar esclarecer alguma dúvida. Se for de início, permanência, o que for. Estou aqui para te ajudar baseado até na minha experiência pessoal com esportes. Só não deixe de fazer alguma coisa! Seu coração, vasos e circulação agradecem. 

Não quis me aprofundar muito porque este post é um dos posts introdutórios a cerca de vida saudável, bem-estar e boa alimentação que tenho para o blog. Falarei sobre vegetarianismo, musculação e outros assuntos mais profundamente mais na frente em outros posts. Fica aqui o alerta para estas questões. O primeiro passo de começar a fazer uma atividade física é ver a importância deste hábito de forma regular. É ter a consciência do que é se exercitar e de como precisamos disto em nosso dia a dia. 

Quis conversar um pouquinho com vocês sobre isto porque a importância desse assunto é fora do comum. A cada dia as academias e locais para fins esportivos estão aderindo mais adeptos, mais pessoas estão mudando suas vidas para um tique mais saudável e isto é fenomenal. O número de mortes cresceu alarmante em todo o mundo por conta do sedentarismo do homem e inúmeros péssimos hábitos. O chamado "desenvolvimento" (será mesmo desenvolvimento?) apressou a morte para milhões. Que não estejamos nesta lista negra e que possamos viver anos e anos além da média. Viver é bom demais e viver saudável, é melhor ainda! Grande abraço meus queridos. 

O que você tem feito para mudar sua alimentação? 
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

3 comentários:

  1. Oi Ewerton, tudo bem? Amei a postagem. Meu problema é que eu sou de fases. Andava em uma fase super de boa. Voltei para a academia, dança e tudo o mais (coisas que eu sempre fiz, mas que depois que casei abandonei). Frutas e verduras são coisas que eu amo então esse não é um problema. Mas eu tenho intolerância a lactose, restrição ao glúten e tenho SII. Então já viu né? Me alimentar é um parto para mim. Tem vezes que eu faço minha alimentação direitinho. Nada de lactose, nada de glúten, nada do que não pode. Mas de repente me dá uma raiva - odeio ser privada de qualquer coisa - e chuto o balde. Tipo ontem. Passei o dia inteiro comendo tudo o que não deveria. Resulto: precisei faltar ao trabalho hoje :(
    O mais difícil para mim, é aceitar que minha alimentação precisa ser tão restritiva :P Sei que se eu seguir direitinho, terei mais saúde e mais disposição. Mas quem disse que isso é mais forte do que a vontade de tomar aquele copo gigantesco de leite? :(
    Beijoos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Gih! É melhor viver com qualidade de vida do que passando mal a cada gole do que não pode, não é? Eu sei que não é nada simples estar restrita em quase tudo, mas veja pelo melhor lado, pelo menos você não tem problema com frutas e verduras. <3 Isso já é meio caminho andado, hehehe. Comente mais sobre sua alimentação, fiquei curioso, de verdade. Eu estou em processo de reeducação alimentar pessoal, ano que vem já espero estar focado. Nesses dois últimos meses do ano, estou testando algumas receitas e vendo como posso aprimorar minha alimentação ao máximo. Força que você consegue! Viva com saúde! Beijo!

      Excluir
    2. Ahhh eu tinha feito um texto enorme explicando ...... e caiu aqui :(
      Mas então, vou resumir (uma hora dessas faço um post no blog)
      Uso alimentos a base de soja, por causa da intolerância a lactose. Eu não tenho doença celíaca, então posso comer glúten, mas me faz muito mal. Então uso outras farinhas, como a de arroz, por exemplo.
      Por causa da SII, preciso evitar alimentos fortes, gasosos, muito cítricos e industrializados.
      Não é tão complicado assim, se você se alimenta em casa. Mas se alimentar na rua é bem complicado. E ir em festas? É péssimo. Como eu disse, não sigo a risca. Como. Mas depois fica passando mal :P
      Beijão

      Excluir

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.