3 de outubro de 2015

O que é ter consciência ecológica?


Sabemos que a cada dia nosso planeta está encaminhando para uma reestruturação geológica de grandes proporções por conta da ganância e supremacia que o homem quer impor. E digo isto de uma forma muito bonita e gentil ainda, pois a verdade é que, a destruição está vindo à cavalo ao nosso encontro. Quero conversar um pouco com vocês hoje sobre a situação atual em que está inserido nossa amada e única terra e o que é de fato consciência ecológica. Vamos lá?

Ontem quando fui fazer uma caminhada me deparei com uma triste situação. Realmente fiquei pensativo e desanimado. Como ando numa área muito verde (adoro) é um local um pouco deserto e por isso acho que ninguém viu a desgraceira que um grupo de homens estavam fazendo. Vários pontos de queimadas do solo com árvores de anos pelo pé queimadas estavam feitos. Solos cinzas e quentes com cheiro de fumaça. Me deparei com a cena de longe, de homens queimando uma árvore ENORME pelo começo do tronco perto do chão. Fiquei sentido demais vendo aquilo e sem poder fazer nada. 

Me perguntei até agora qual o real motivo deles fazer este tipo de coisa. Porquê cometer este delito grave contra o próprio meio em que vive, contra sua própria casa? Começo a ver que eles realmente não têm consciência ecológica disto e acham que é normal desmatar sem lei, sem limites. Rio poluído demais. Cheio de plásticos e garrafas pet. Dói ver este tipo de coisa numa área que deveria estar tão pura, não é? É até revoltante!

Consciência ecológica, como o nome já diz, é a consciência da preservação da natureza e dos recursos da mesma. É a conservação do belo e ecologicamente correto, que não agride ninguém e só traz benefícios. O capitalismo trouxe consigo uma onda de alegrias e facilitação baseado em destruição em massa. Quanto mais se produz para o "bem" de todos, mais se consome, mais se engole e se destrói em prol deste objetivo. 

Temos que ter a consciência de que só precisamos do necessário para viver e sobreviver. Em tudo. Infelizmente não há como se desfazer de toda sorte de produtos e prejudicar nossa qualidade de vida e futuro por radicalidade em prol do meio ambiente. Mas o que se pede pela natureza é basicamente respeito ecológico e menos consumismo. Consumir somente o que está em equilíbrio. Em comunhão com a natureza. Nada de consumir colecionando que é quando você tem o dobro e o triplo sem nenhuma necessidade. Corte gastos! 

Consumimos tanto na alimentação, nos acessórios, nas compras, até nas folhas de papel. A maioria consome mais do que necessita para sua manutenção diária. Quando uns usam demais, a lógica é faltar para o outro. Tenhamos consciência de que somos seres muito adaptativos às situações. Conseguiremos passar sem gastar com coisas desnecessárias. 

Reduzi tanto, mas taaanto, que me acostumei a não gastar descontroladamente. Nunca fui disto e a situação que me obrigou a fazer isto foi bem insistente em me tirar os péssimos hábitos adquiridos ao longo dos anos. Ter consciência ecológica é ficar de olho bem aberto em cima do consumismo pessoal, é não jogar papel fora da lixeira ou pela janela do carro e ônibus na rua, é não desperdiçar água fechando a torneira quando não tem necessidade de se molhar, é comer bem e saudável esperando que muitos destes alimentos não agridam a natureza, etc. Ter consciência ecológica é fazer as mínimas coisas pensando nos grandes e ótimos impactos que elas trarão sobre o meio ambiente. 

Cuidar de si mesmo e conscientizar os outros é ter consciência ecológica. É contribuir para o crescimento coletivo em favor de uma causa nobre. Fazer uso da tecnologia é uma atitude poderosa e bem inteligente, tendo em vista que todo o planeta está se adaptando ao mundo virtual com um passo assustadoramente acelerado. Se cada um de nós fizermos um pouquinho em prol do objetivo de preservar a natureza e cuidar dela como se fosse nossa casa (o que de fato o é) tudo vai mudar. Ainda há esperança!

Essa semana saiu a notícia no Jornal Nacional das queimadas que estão alastrando em todo o Centro-Oeste e que está se encaminhando para o que resta da floresta amazônica. Meu Deus! É tanta coisa que por muitas vezes ficamos sem reação! Espero que o governo - atolado em vários setores - tente mudar algo nesta questão ambiental, pois está um caso sério. Pra quê tanto desenvolvimento se isto compromete o ar que respiramos, o clima que vivenciamos, o alimento que ingerimos? Sem árvores não há muita expectativa de boa vida. A consciência ecológica entra com força nesta questão, pois além de ser questão estritamente de cunho social, é cem por cento política. É complicado.

Eu poderia escrever um texto que fosse o dobro deste aqui, mas vejo a necessidade gritante de dizer somente: conscientize-se e faça diferente! Isto serve exclusivamente para mim também, há muito o que melhorar. Mais linda que a natureza perfeita que Deus criou, não há. Um ótimo sábado e com muita preservação. Creio na mudança. Abraço.
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

18 comentários:

  1. No fundo ninguém toma consciência de tudo isso.Nem nós mesmos.Até a hora que tudo for destruído, aí perceberemos a merda que fizemos né.


    Gostei muuuito do seu post.Nos faz refletir :)


    beeijos e obrigada por visitar meu blog <3

    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado minha flor pelo lindo comentário. De fato é, espero que não cheguemos a um ponto que não dê mais para voltar atrás. :(

      Grande beijo, o prazer é todo meu em visitar seu cantinho, obrigado! <3

      Excluir
  2. Oi Everton!
    Eu amei o seu post, acredita que ontem, escrevendo o meu dia, eu também estava muito chateada com respeito as pessoas... O mundo só está pior por causa da ignorância das pessoas!
    Realmente eu lendo o seu post, imaginei a cena desses monstros destruindo uma árvore, que não fez nada de mal para ninguém, pelo contrário, ela é responsável por nos dar um ar mais puro e nos refrescar nesse tempo de calor..
    Eu literalmente perdi a fé na humanidade, eu creio que não exista mais ninguém bom, que tem pensamentos e atitudes boas.
    Agora, se exista pessoas boas ainda nessa Terra, que elas façam a diferença, cuide daquilo que é bom, daquilo que não faz mal a ninguém e amo acima de tudo as coisas naturais e belas.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade minha amada. O ser humano consegue ser o pivô de toda agitação e destruição. Enquanto a minoria faz o certo a grande maioria não está ligando para nada disto e só sabe reclamar sem nada fazer. Essa semana vi uma mulher jogando um pedaço de papel de algum chiclete que ingeriu no chão, na maior cara dura, nem ai. Não é uma falta de consciência? Aquele papelzinho tem efeitos catastróficos no meio ambiente e ela nem imagina. Falta conscientização e mais respeito pelo meio em que se vive e pelo próximo. Espero que isto mude para melhor, porque está a cada dia mais difícil sobreviver neste mundo. Só Deus na causa.

      Obrigado pelas lindas reflexões, realmente é fazer o certo doa a quem doer, reclame quem reclamar. Grande beijo!

      Excluir
  3. Oi Ewerton, tudo bem
    Sabe, antes, eu não acreditava que alguém pudesse fazer algo assim por falta de conhecimento. Hoje, minha opinião é outra: estamos enfrentando o mal. Pessoas são criadas em ambientes hostis, sofrem violências físicas e morais e retribuem colocando mais desse comportamento no mundo. E outras, bem é são movidas pela ganância, pelo poder, pelo dinheiro, e só visam o imediatismo, que a consequência de seus atos fiquem para as próximas gerações, e assim , todos ficam impunes. Acho que nos falta mais amor no fundo, mas exemplos de atitudes a serem repetidas. Nunca esqueço do filme a corrente do bem, acha que esse pode ser um caminho.
    Adorei seu texto.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bom minha querida? :)

      Não assisti este filme, e vou vê-lo agora! Precisamos de mais amor sim! Infelizmente nossa realidade é esta hostilidade relatada mesmo. Que possamos fazer a diferença com nossa vida, mesmo diante de tantas atrocidades que vemos diariamente. :/

      Obrigado pelo lindo comentário, volta sempre!

      Excluir
  4. Tenho dois pontos para falar, um sobre a consciência ecológica e outro com relação ao consumismo.

    Consciência ecológica só vem a partir da consciência do homem consigo mesmo, mas, sobretudo, perante a comunidade. Se você degrada o meio ambiente, você está diminuindo a qualidade de vida de um coletivo, especialmente no futuro. Infelizmente, no Brasil não há esta ideia de coletivo, nenhuma. Degradam-se lugares públicos, as pessoas são mal-educadas (vamos ser sinceros, nem parar em faixa de pedestre se para). Isso é decorrente de uma cultura bem individualista. Isto só pode ser alterado por décadas de uma educação de qualidade, e não vejo isto sendo proposto (e nem de fato a população tem interesse).

    O consumismo é algo intrínseco ao capitalismo. As empresas só ganham dinheiro criando inovações, novas coleções e etc. E elas precisam ganhar dinheiro, pois, se não fizer, outra empresa passa na sua frente e te compra (ou arrasa com a sua). Também não vejo as pessoas tendo consciência disso.

    Não tenho esperanças com relação ao meio ambiente. Infelizmente.

    www.semprebailarina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laís, minha flor!

      Realmente entendo seu ponto de vista. Tento ser otimista mesmo vendo esta realidade crua e nua que você relatou e é a nossa. Não podemos maquiar fatos, a situação é caótica. Só espero viver o suficiente para ver alguma mudança boa acontecer!

      Ao contrário de você, ainda tenho esperanças. Mas sei que o processo é quase insustentável mesmo, infelizmente. Obrigado pela linda reflexão, volte logo aqui. <3

      Excluir
  5. Olá Ewerton, tudo bem?
    Obrigada por sua visita lá no Doces Letras. Gostei muito e espero que volte mais vezes.
    Já estou seguindo aqui e nas suas redes sociais.
    Quanto ao seu post, eu gostei muito!
    Infelizmente a coisa mais difícil é fazer com que o ser humano tenha consciência. Desde as pequenas coisas até as maiores, são importantes para nossa sobrevivência. Se cada um fizesse a sua parte o coletivo ganharia muito. Mas, vou te confessar que já ando sem esperanças que nosso Planeta sobreviva por muito tempo ainda. Muita destruição em todos os sentidos, e acho difícil que dê para recuperar tanta perda.
    Enfim, um post importante e bom para reflexão.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo Lia! E contigo? Espero que esteja ótimo!

      Que bom que gostaste do post, obrigado. <3

      Tudo vai melhorar, tenha só um pouquinho mais de fé na humanidade. :\ Apesar dos pesares. Beijos, volta logo!

      Excluir
  6. Gostei do texto Ewerton. A natureza sofre e chora silenciosamente, mas ninguém parece notar. Porém, quando fenômenos acontecem em vista destas agressões, todos reclamam e querem achar um culpado. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vanessa! <3

      É exatamente isto. Não vemos que os culpados somos nós mesmos, não é? Mudemos esta péssima realidade! Vivamos de maneira mais sustentável! Grande abraço, volta sempre.

      Excluir
  7. Olá,
    Texto muito bom e extremamente necessário em vários aspectos, fico boquiaberta com a falta de consciência ambiental, isso me irrita. E me irrita profundamente, pior ainda é voltar a analisar fatos passados e me recordar de mancadas que eu mesma cometi nesse aspecto. Lamentável, enfim, texto ótimo.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Concordo plenamente com esse seu texto, temos muito que melhor, Deus fez tudo, absolutamente tudo perfeito e nós temos deformado algo tão belo que a vida! São nos pequenos detalhes que a diferença é feita, esse texto deveria ser viral, simplesmente amei! Parabéns.

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei emocionado com seu comentário minha querida Dani. Que honra. Obrigado e que este texto torne-se algum dia viral, porque é de mais amor e consciência, que realmente precisamos. Muitíssimo obrigado de novo, grande beijo. Volta logo.

      Excluir
  9. Oi Everton! Fiquei curiosa, as pessoas nao estavam vendo aquilo? Nao reagiram? Só deixaram acontecer? Isso é lastimável :( E porque queimar uma arvore tao linda? As vezes nao entendo certas pessoas, e penso que nao sou desse Brasil, ou mundo, seila. Sao tatas situaçoes diferentes, situaçoes que nos fazem ter medo, sabe? é trsite ver esse tipo de coisa...
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Como não estava afetando diretamente, acham que não precisam se envolver. Só que não é bem por ai. Há muitos fatores envolvidos e uma andorinha só não faz verão, por isso é tão importante que todos tenham essa consciência, para que seja uma massa consciente do que está fazendo, protegendo e evitando. Sei muito bem deste medo que falas e te dou total apoio, é compreensível se sentir assim. :/ Vamos mudar aos poucos com o exemplo de nossas curtas vidas aqui! Acredito na humanidade! Beijos.

      Excluir

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.