19 de novembro de 2015

{FILME} Perdido em Marte de Ridley Scott



Assisti este filme há semanas amigos, no cinema ainda por cima, desde quando lançou. Vim me prendendo para escrever esta resenha porque não sei bem o que colocar, só sei dizer que achei o filme muitíssimo bom. Estou falando do filme Perdido em Marte, vamos conversar um pouquinho sobre ele? Comecemos.

De acordo com a sinopse: "Durante uma missão a Marte, o astronauta Mark Watney (Matt Damon) é dado como morto após uma feroz tempestade e é deixado para trás por sua tripulação. Mas Watney sobrevive e encontra-se sem recursos e sozinho no planeta hostil. Apenas com suprimentos escassos, Watney deve contar com a sua criatividade, engenho e espírito para subsistir e encontrar uma maneira de sinalizar à Terra que está vivo. A milhões de quilômetros de distância, a NASA e uma equipe de cientistas internacionais trabalham incansavelmente para trazer "o marciano" de volta enquanto seus colegas de tripulação simultaneamente traçam uma ousada, se não impossível, missão de resgate. Conforme essas histórias de incrível bravura se desdobram, o mundo se une para torcer pelo retorno seguro de Watney."


Perdido em Marte é classificado como um filme de ficção científica dirigido por Ridley Scott e que estreou no Brasil no dia 01 de Outubro desse ano (2015). O filme foi gravado em Budapeste, que é cenário de filmes com esta temática passando em Marte e outros planetas.

Mark, o astronauta perdido, sobrevive de maneira inteligente. É assim que classifico. O cara sabe um pouco de tudo, seja de física até guia básico de sobrevivência em regiões improdutivas e sem vida. Se eu não me engano ele é botânico, então acrescenta mais um conhecimento de biologia e alimentação generalizada. Conhecimento que ele põe em prática a cada cena. Conhecimento médico também tendo em vista que ele se machuca feio na colisão que o separa de sua equipe e o deixa isolado em Marte.



Perdido em Marte é um filme consideravelmente longo, mas não senti isso. Ele tem mais de duas horas de duração, trata do espaço onde não se tem muito o que fazer, e ainda assim a produção conseguiu entreter o telespectador cena após cena. Ele, o personagem principal, tem um ótimo senso de humor. 

A crítica geral foi muito boa, inclusive a crítica internacional. Para vocês terem noção, nenhum dos meus amigos que assistiu o filme, negativou o mesmo. Só opiniões construtivamente positivas. Até agora não vi uma critica negativa. Merecido. A minha recomendação é: ASSISTAM. Quem ama o gênero, assim como eu, e estava sentindo falta de um bom filme nesta temática pode ver Perdido em Marte sem medo. É um filme que lhe envolve e quando você nota já tem terminado e mais de duas horas já tem se passado. 

Eis os dados técnicos gerais do filme: 


Nome: Perdido em Marte (The Martian, em inglês)
Data de lançamento: 01 de Outubro de 2015 no Brasil
Direção: Ridley Scott
Música composta por: Harry Gregson-Williams 
Roteiro: Drew Goddard
Duração: 141 minutos
Alguns nomes do elenco: Matt Damon, Jessica Chastain, Michael Peña, Kristen Wiig, Jeff Daniels e Lili Bordan. 

Deixo aqui o link de uma matéria no G1 bem interessante que os cientistas disseram sobre o filme, o título da postagem é "Cientistas apontam erros e acertos do filme 'Perdido em Marte'". Vale a pena conferir só para se ter uma noção a mais. Curiosidades. <3

Alguém aqui já viu este filme? Vem conversar! Abraços. 

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.