19 de novembro de 2015

Nosso dever e responsabilidade para com os horários


Se tem um coisa com a qual sou muito chato, mas muito chato mesmo, são horários desregulados. Mal cumpridos. Forjados à vontade própria do indivíduo que não o respeita. Desde muito jovem (ainda o sou, hahahaha) sempre fui (e sou) muito pontual com todos os meus compromissos e horários. DETESTO quando alguém não cumpre o horário estipulado. Sou daqueles que chegam antes do horário marcado para não ter surpresas desagradáveis (odeio surpresas). 

Não sou daqueles chatos que ficam reclamando quando alguém que marcou comigo chega atrasado e coisas do tipo, mas já fico com uma carinha de gente estúpida, meio que inconformado. Porém, supero. A maioria das pessoas que conheço são extremamente atrasadas. Não sei se é o costume ou o que é, mas sei que isto é muito desconfortável para aquele que está esperando. Sinceramente, não tens relógio em casa criatura? Há relógio no celular, sabias? (Dá vontade de abordar assim).

Fiquei refletindo: o que será que leva as pessoas a se atrasarem? Costume? Falta de relógio? Medo de chegar muito cedo? Prazer em fazer o outro esperar? Realmente não sei. Depende muito de cada organismo/pessoa. Não costumo ficar alertando: "olha é tal horário visse", ou então: "faltam dez minutinhos, já pode sair de casa" porque todo mundo já é bem grandinho e todos com quem marco alguma coisa já são adultos. Não que isso queira dizer muita coisa, mas enfim, deveria. 

Algumas dicas para que você não venha a se atrasar, se você o faz sempre, são:

1) Durma bem;

Com a vida moderna e a nossa queridinha tecnologia vieram também compromissos, tarefas e prioridades que antes não existiam. Com isto nosso sono por vezes acaba sendo prejudicado com a correria do dia a dia e isto não é nada bom, pois pode te prejudicar com o tempo. Imagina se porque não dormiu bem na semana anterior você forçadamente tira um "cochilo" e acaba perdendo o horário que marcou com alguém? Adeus compromisso. Ninguém é obrigado a aceitar esse tipo de coisa. 

Para tudo na vida é fundamental dormir. Por mais que a gente ache que não precisa dormir, que dormir é desnecessário, que pode dar conta com um energético ou remédio, a verdade é bem mais pesada. No sono o corpo literalmente fixa e regenera energia e informações. Sem ele, tudo o que você vê, torna-se um borrão mal interpretado. E a memória ama pregar peças na gente. Principalmente quando temos uma prova para fazer ou usá-la de forma mais poderosa. DURMA! E chega de atrasos por conta da soneca da tarde.

2) Coloque despertador e alertas;

Seus compromissos não podem ser guardados na sua memória. Só se a sua memória for impecável e não falhe nunca. Ainda assim eu não confiaria guardar tudo mentalmente. Use a tecnologia a seu favor, a infinidade de recursos e aplicativos para facilitar nossa vida é fora do comum, sabemos disso. Quem não é adepto do celular e desses recursos, a boa e velha agenda de papel também existe e nela você pode se organizar de maneira extraordinária. Alertas servem para te lembrar aquilo que sua memória está nem ai para alertar. Organize-se e faça do seu celular e de sua agenda o seu melhor amigo. 

3) Caso você tenha que sair de casa;

Separe TUDO o que você precisa na noite anterior. Garanto a você, o risco de você esquecer algo fazendo assim é mínimo. Não aconselho a ninguém arrumar nada bem cedo, pois além de você acordar sem toda a energia costumeira, o risco de esquecer algo é imenso. Quando se sai de casa, acabou. Se esquecer fica por isso mesmo. Mais uma vez: organize-se e faça toda a sua arrumação uma noite antes se você precisa atender um compromisso fora de casa no dia seguinte. Inclusive os alertas e despertadores.  

4) Por favor, esteja sempre pronto;

Você é um leitor brilhante, disto eu sempre soube. Então porque fazer por onde e dar motivos para alguém te achar incompetente ou familiar de atrasos? Você está além disto. Não dê munição para as pessoas criticarem você por bobagem. Não somos perfeitos, nem nunca poderemos ser. O negócio é sempre ter responsabilidade consigo mesmo e respeito pelo próximo que marcou algum horário com você. Seja maduro e reconheça que você não deve nada a ninguém a não ser você mesmo. Sua opinião é a que conta. Você tem sido fenomenal?

5) Se não puder chegar a tempo, pelo menos avise.

Manter o seu cliente e pessoa marcada atualizado caso você sabe que vai se atrasar (pode acontecer) é um cuidado essencial. Informar ao outro que o mesmo esperará é o mínimo de respeito que ainda resta que você pode ter. Nada de sumir e fingir que não existe ninguém te esperando. Mais feio do que se atrasar é ficar dando massada nas pessoas. Ninguém gosta de ser passado para trás, muito menos eu e você. Então tenhamos consciência e jogo de cintura para aprender a lidar com essas situações cotidianas. 

Fecho o post com um apelo final: Por gentileza, não se atrase mais, se você for do grupo dos atrasados habituais. Ninguém gosta de ficar mofando e esperando em algum lugar esquecido pelo mundo. Reconquiste sua auto estima e pare de se atrasar. Pessoas que não se atrasam são compromissadas primeiramente consigo mesmo e são notadas e avaliadas de maneira positiva. O que você acha de atrasos? Um abraço pontual.

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.