23 de novembro de 2015

Praticando a efetividade


Esta imagem não tem muito a ver com o post, mas me inspira demais, então é válida. s2
Escrever sobre efetividade, organização e produtividade aqui no blog é sempre um amor, pois gosto bastante de tocar no assunto. Muitas dúvidas surgem quando se trata deste tema e espero que este post te esclareça em algum ponto que você julga importante. Recomendo que antes de ler este post leia o post O que é efetividade nos dias de hoje? que escrevi com muito bom gosto em Setembro desse ano.

Nas últimas semanas estou com a sensação maravilhosa que venho sendo efetivo. Venho cumprindo meus prazos, listas e afazeres com maestria, mesmo que não com tanta rapidez que eu gostaria. Um deles é o blog. Tenho escrito muito nos últimos meses e os primeiros frutos estou começando a colher agora. Comentários, curtidas e compartilhamentos a todo vapor. Fazem pouco mais de quatro meses que tenho este cantinho (considero super novo ainda) e que já venho me inspirando e escrevendo sobre tudo que amo e conheço do meu jeito particular. 

Sempre busquei a excelência e fazer jus à minha forte personalidade. Onde chego, costumo ter presença de palco, por assim dizer. Não posso negar que amo este efeito que produzo nas pessoas e não sou de soberba ou amostramento. Somente faço o que sempre faço sendo eu mesmo. Sinceridade é tudo para mim. Efetividade tem sido minha amiga mais íntima nos últimos tempos e tenho me conectado muito com meus projetos pessoais, com meus projetos profissionais e com tudo no geral que tenho desenvolvido em silêncio.

Nos últimos quatro meses teve de tudo um pouco no blog e teve posts TODOS os dias. Cada dia desde junho de 2015 veio com um texto, uma reflexão, imagens e tudo o que me inspira e me arrebata. Tenho praticado a efetividade (inclusive hoje) com tudo o que venho alimentando e vejo em um futuro muito próximo ricas bençãos por todo este esforço delicioso. Um dos meus maiores projetos pessoais atualmente é o blog e tenho amadurecido juntamente com ele a cada post que escrevo de forma única e original. 

Independentemente da fonte, imagem ou frase citada, sempre deixo alguma particularidade minha na postagem em questão e isto faz toda a diferença para mim e para meu público leitor, para vocês. Uso a organização como amiga nas horas mais caóticas do dia e a efetividade tem sido meu suporte para agilizar e agarrar qualquer minutinho apertado do meu dia. Hoje tenho uma noção do tempo muito mais focada e minuciosa e confesso que isto me agonia as vezes, pois eu só queria sentar e relaxar, deixando o tempo passar sem preocupação. 

Não me entendam mal, há momentos do meu dia que simplesmente me desligo do mundo e perco a noção do tempo, de maneira saudável e necessária. É só que o estresse é inevitável e a maneira como tenho trabalhado com ele é o que vem fazendo toda a diferença no meu dia a dia e nos meus projetos. A maneira como estou me favorece ou me prejudica demais nas minhas atividades diárias e isto é tanto negativo, como positivo. 

Por pôr a efetividade em prática, tenho equilibrado quase tudo em minha vida e com isto, tenho vencido cada batalha, derrubado cada leão diário com supremacia. "Fui convocado para derrubar gigantes", como diz um trecho da música "Gigantes" do mais novo cd da cantora evangélica Cassiane, Eternamente. 

Tenho pensado nos últimos dias como tenho enfrentado as adversidades do dia a dia e o que devo melhorar em todas as áreas da minha vida. Minha vida pessoal estou sentindo meio bagunçada em termos sentimentais e se eu estou dando ou não o devido cuidado a eles. Não ando triste, depressivo ou coisas do tipo, mas creio que devo dar mais atenção a algumas das pessoas mais importantes da minha vida. Cultivar os relacionamentos. Tenho pensado se não devo tornar isto prioridade e praticar a efetividade neste caso. A resposta é sim e vou fazê-lo a partir de hoje. 

Estou pensando em como será praticar a efetividade daqui a alguns dias quando eu retomar a rotina pesada de estudos para o vestibular. Vou começar logo pois quero ganhar tempo até as provas no fim do ano que vem. Vai ser bem pesado e sem dúvidas o ano mais pesado de estudos da minha vida até o presente momento. A fase do vestibular é a mais angustiante porque o aluno não sabe bem o que esperar ou quanto tempo deve-se esperar pela aprovação. 

Tenho ignorado com muita garra a ansiedade que é comum nestes anos, pois confio em Deus e na capacidade que Ele me deu para vencer. O meu futuro está nas mãos dEle e nEle confio até o fim. Quis conversar com vocês sobre o assunto hoje porque estou bem neste clima hoje. Este post não poderia ter saído mais verdadeiro e simplório. Não falo muito sobre a efetividade em si, mas falo como tenho praticado ela nestas últimas semanas e este é o tema e foco do post. 

Você tem sido efetivo estes dias? Um lindo abraço de paz.

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.