7 de janeiro de 2016

O que é Biodiversidade?


Muito se fala em Biodiversidade isso, Biodiversidade aquilo e muitos conceitos e afirmações são bastante errôneas! Na verdade, este post só está surgindo hoje, porque essa semana li um absurdo sobre o tema - que aparentemente - está tão corriqueiro que tudo é dado como certo. 

Para esclarecer todas as dúvidas e o que seria este conceito, do que se trata, etc., trago para vocês uma explicação rápida e pesquisa de cunho pessoal para sempre aprendermos mais sobre conceitos discutidos e comentados por todos. Principalmente quando estes conceitos estão relacionados com nosso amado planeta terra e questões além. <3 

Vamos lá? 

"Bio" (vida) "diversidade" (variedade) está contida nos pontos mais extremos do planeta, assim como nos mais favoráveis. Em todos os lugares há biodiversidade. Biodiversidade é, de maneira bem brusca, todas as variedades de formas de vida que existem no planeta. Conhecidas ou não. Catalogadas ou não. 

Sabemos que ao longo dos séculos e milênios a genética evoluiu em cada ser vivo de maneira única e essencial para a sobrevivência, sendo assim, não é difícil acreditar que muitos animais que antes viviam no nosso planeta não existam mais ou simplesmente não se parecem nada com o que são hoje. A variabilidade genética sempre sofre alterações ao longo do tempo e isto fortalece e seleciona quem deve ficar e quem vai desaparecer. 

As plantas estão na base de toda biodiversidade devido a sua capacidade de sobreviver e se manter nos lugares mais inóspitos conhecidos pelo homem. A vida é um ciclo e a biodiversidade tem um papel importantíssimo nisto, pois traz variedade inigualável. Torna nosso planeta um terreno fértil para qualquer espécie conhecida habitar e sobreviver. Com a biodiversidade o planeta sustenta a vida.  

"O termo biodiversidade - ou diversidade biológica - descreve a riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da matéria-prima industrial consumida pelo ser humano."

Não é de hoje que o homem com sua ganância e persistência em fazer o que é melhor para si, e sem pensar nas consequências, tem destruído a biodiversidade em grande escala para construção de novas cidades, ganho pessoal e com a desculpa de desenvolvimento. Invadindo assim o lar de milhares de espécimes raras e muitas vezes nem catalogadas pelos biólogos e cientistas. 

O Brasil é tido como o país da "megadiversidade", pois aproximadamente 20% de todas as espécies conhecidas no planeta vivem aqui. A cada dia mais e mais espécies estão desaparecendo, inclusive pela poluição ambiental em todos os seus âmbitos. Poluição do ar, das matas, da fonte hídrica. É preciso mudar o quadro desta dura realidade. Muitas áreas preservadas estão conscientizando seus visitantes a serem mais sustentáveis e preservadores do ambiente ao seu redor. 

Há a necessidade de informar cada vez mais a população para que as cenas de latinhas, sacos de plástico e outros materiais não sejam mais encontrados no meio da mata verde. Creio que é uma questão de educação e cultura. Preservar não é obrigatório, mas deveria ser. E não se consegue isto por meio do fanatismo ou violência. Pelo contrário. Quando se conhece a verdade, ela liberta. Muitos que sabem o certo mas não querem obedecer é um caso a parte, há medidas para estes. Mas quem erra por falta de conhecimento sempre está apto a mudar. Tenhamos fé, cartilhas sustentáveis e paciência! 

Espero que a situação mude em breve. Não há tempo a perder, tudo que precisamos preservar temos que fazer logo, estamos correndo contra o tempo. Muitos danos no nosso planeta azul já estão em estado irreversível, mas ainda há esperança! Conscientize seus vizinhos, seus amigos, sua família. Conscientize estranhos que queiram ouvir. Respeite e saiba ouvir para poder explicar suas convicções a quem estiver interessado. Lembre-se que ninguém é obrigado a nada, muito menos você.  

Para complemento deste post, sugiro que vocês leiam estas matérias: O que é biodiversidade? do site WWF Brasil, O que é biodiversidade? do site Marte Museu e Significado de Biodiversidade do site Significados para ter uma noção mais conceitual do assunto. É válido o complemento das informações. Este é um tema que é sempre bom estarmos relembrando os conceitos e definições, pois muitas questões ambientais tem como base estes conhecimentos. 

Eu poderia passar o dia falando sobre o assunto, porque realmente é uma questão que vai além do fator ambiental. Envolve sociedade, cultura, política e muitos outros segmentos. Não vou mais a frente porque não quero sair da ideia central do post que foi explicar o que é Biodiversidade e do que se trata o tema. O que ele envolve e além podemos continuar nos comentários. Você lembrava destes conceitos? Vamos conversar. Um sustentável dia para você meu amigo e amiga leitor(a). <3

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.