8 de fevereiro de 2016

Do que se trata o CDB? O que é a IUCN?


Tudo bem com vocês meus queridos? Vim conversar com vocês sobre algumas siglas que muitos nem sabem que existe e que são de tamanha importância na nossa vida e política ambiental de um modo geral. Termos que são muito usados nas conferências internacionais para a questão ambiental do planeta. 

Este post serve de esclarecimento para mim e para vocês. Uma pesquisa pessoal mesmo de alguém que ama o conhecimento e ama ainda mais compartilha-lo. Principalmente quando se trata de assuntos de importância mundial e que - certamente - envolvem todos nós. Vamos por partes. 

Do que se trata o CDB? O que é? 


A CDB é a "Convenção da Diversidade Biológica" e trata de questões que envolve assuntos sobre a questão do meio ambiente e tem forte papel remodelador neste âmbito internacionalmente. 

De acordo com o site do MMA (Ministério do Meio Ambiente) do Governo Federal, temos uma ideia bem mais ampla do que a CDB envolve, tive que copiar um trecho para vocês apesar de não curtir muito bem isso, mas é melhor porque explica direitinho as diretrizes específicas. Aprendam junto comigo: 

"A Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) é um tratado da Organização das Nações Unidas e um dos mais importantes instrumentos internacionais relacionados ao meio ambiente.

A Convenção foi estabelecida durante a notória ECO-92 – a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD), realizada no Rio de Janeiro em junho de 1992 – e é hoje o principal fórum mundial para questões relacionadas ao tema.

Mais de 160 países já assinaram o acordo, que entrou em vigor em dezembro de 1993.

A Convenção está estruturada sobre três bases principais – a conservação da diversidade biológica, o uso sustentável da biodiversidade e a repartição justa e equitativa dos benefícios provenientes da utilização dos recursos genéticos – e se refere à biodiversidade em três níveis: ecossistemas, espécies e recursos genéticos.

A Convenção abarca tudo o que se refere direta ou indiretamente à biodiversidade – e ela funciona, assim, como uma espécie de arcabouço legal e político para diversas outras convenções e acordos ambientais mais específicos, como o Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança; o Tratado Internacional sobre Recursos Fitogenéticos para a Alimentação e a Agricultura; as Diretrizes de Bonn; as Diretrizes para o Turismo Sustentável e a Biodiversidade; os Princípios de Addis Abeba para a Utilização Sustentável da Biodiversidade; as Diretrizes para a Prevenção, Controle e Erradicação das Espécies Exóticas Invasoras; e os Princípios e Diretrizes da Abordagem Ecossistêmica para a Gestão da Biodiversidade.

A Convenção também deu início à negociação de um Regime Internacional sobre Acesso aos Recursos Genéticos e Repartição dos Benefícios resultantes desse acesso; estabeleceu programas de trabalho temáticos; e levou a diversas iniciativas transversais."

Bem esclarecedor, né? Não sabia de nada disso até começar a pesquisar mais a fundo sobre o assunto. É sempre bom estarmos ligados nestes órgãos e suas conferências internacionais sobre a questão ambiental em todas as suas faces. É muita informação. Mas aos poucos vamos organizando aos poucos e assimilando direitinho cada conceito de maneira individual e em conjunto.

O que é a IUCN? Do que se trata?


A IUCN é uma ONG que significa "União Internacional para Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais". O nome já diz tudo, né? É uma ONG especializada em preservar e conservar a Natureza e consequentemente os Recursos naturais do nosso planeta azul. Está sempre presente em conferências ambientais e sendo ativista em muitos países. 

Para complementar o conteúdo, nossa amiga Wikipédia, explica bem direitinho a missão e informações mais precisas sobre a mesma, confiram um trecho: 

"A União Internacional para Conservação da Natureza (UICN - português), também conhecida por seu nome em inglês International Union for Conservation of Nature (IUCN) é uma organização civil dedicada à conservação da natureza.

A UICN reúne mais de 1250 organizações, incluindo 84 governos nacionais, 112 agências de governo e um grande número de organizações não-governamentais (ONG) nacionais e internacionais, e cerca de 10.000 membros individuais, que são cientistas e especialistas divididos em seis comissões. A esses números somam-se os mais de mil funcionários do secretariado da UICN, alocados em mais de 60 países.

A missão da IUCN é influenciar, encorajar e assistir sociedades em todo o mundo na conservação da natureza, e assegurar que todo e qualquer uso dos recursos naturais seja equitativo e ecologicamente sustentável. A colaboração com governos nacionais e locais, comunidades e outros organismos, para que sistemas de áreas protegidas sejam criados e geridos corretamente, é uma das especialidades da UICN e constitui um de seus focos principais e das organizações que a compõem.

Ela apoia pesquisas cientificas, administra projetos de campo em todo o mundo, e congrega governos, ONG, agências das Nações Unidas, companhias e comunidades locais para que sejam desenvolvidas e implementadas leis e políticas públicas que estejam de acordo com sua missão.

Fundada em 1948, sua sede está localizada em Gland, Suíça."

Resumiu bem. 

Vocês conheciam estas organizações? Vamos falar sobre o assunto. Informação é sempre bem vinda. Grande abraço e um dia de muita paz, conhecimento e luz. <3
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.