8 de fevereiro de 2016

{RESENHA} Grey's Anatomy | 5° temporada


Venho hoje com a resenha da quinta temporada de um dos seriados que eu mais gosto na atualiade: Grey's Anatomy, a famosa série médica, porque sim. <3 Estou acompanhando de forma atual e já estou na atual temporada, mas estou resenhando aqui aos poucos. Temporada por temporada. Antes de tudo, quem quiser conferir a resenha da primeira, segunda, terceira e quarta temporada, é só clicar nos respectivos nomes (primeira, segunda, etc.) e ser redirecionado para o post de cada resenha.

Dito isto, tentarei não dar spoliers desta temporada, nem das anteriores. Não estranhem se o post for mais curto do que de costume. Comecemos. 

Acho os primeiros episódios desta temporada um pouco bobinhos em comparação às temporadas anteriores. Só não desanima ou irrita porque sempre tem algum personagem novo, alguma cena nova, algum diagnóstico novo e é sempre tudo muito instigante. Mas o início geralmente nunca é marcada por grandes acontecimentos. E nesta temporada não foi diferente. 

Começou tudo bem morno, alguns relacionamentos naquela fase de início, algumas cirurgias que desafiavam os médicos com a missão do impossível e todas as ambições rotineiras da carreira médica. Sempre com novos personagens a cada novo episódio. O episódio 19 dessa temporada tem um acontecimento que me lembro até hoje. Realmente não posso contar o que é, mas é bem traumatizante, especialmente para Cristina. Tá bom, parei.


Há todo o panorama de Izzie e sua luta constante contra o câncer. São sempre momentos tristes e muito dramáticos, retratando um pouco do sofrimento que os reais pacientes de câncer sentem ao serem submetidos aos tratamentos e métodos de matança à doença. 

Acho que esta quinta temporada é a temporada dos relacionamentos. Inclusive tem o começo dos casais mais famosinhos na sexta temporada. Muitos casais se formando, outros a ponto de casar e muitas brigas, lamentações e traumas do passado a flor da pele. Nada incomum. A Shonda sempre pisando nos nossos corações e nos deixando depressivos, rs. 

Posso dizer que o último episódio desta temporada vale por toda a temporada. Izzie sempre em colapso e nos fazendo morrer e viver a cada cena em que aparecia. O'Malley roubando a cena, claro, de maneira trágica. Também choca os fãs e deixou meu coração tão angustiado que pude senti-lo na boca. Foi forte.

Sem contar na cena final do O'Malley e da Izzie caracterizados... gente, nem chorei, só fiquei me tremendo. Shonda sua louca! Pra quê brincar com o coração dos fãs assim? :( Outras cenas emocionaram muito os telespectadores também, como uma em particular com Derek e Meredith, que não posso revelar. nha

Vocês já assistiram esta quinta temporada de Grey's? Nos comentários os spoilers são liberados, fiquem a vontade. Uma das temporadas mais lights na minha opinião. A próxima sim que teve adrenalina, ai ai. Até a próximo resenha. <3 

Como não amar Grey's Anatomy? Abraço grande!
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.