10 de março de 2016

{RESENHA} O Xamado – Laura Bergallo


Olá leitores e amigos lindos, tudo bem com vocês? Trago hoje a resenha de mais um livro de autor nacional intitulado de "O Xamado" da autora Laura Bergallo, publicado pela Editora Vida e Consciência. Foi uma leitura diferente do que leio normalmente. Vamos lá?


Autora: Laura Bergallo
Páginas: 128
Ano de lançamento: 2011
Editora no Brasil: Vida e Consciência
ISBN-13: 9788577221172

De acordo com a sinopse: "Leonardo e seus amigos estão teclando, quando um quinto elemento aparece de forma inesperada e começa a participar do assunto. Seu nome é José Eleutério, um rapaz que precisa de auxílio para desvendar a verdadeira causa de sua morte. A princípio, a certeza do garoto é de que esse misterioso personagem se trata de um hacker. Mesmo percebendo que o “fantasma” tinha muito conhecimento sobre assuntos que Leo não poderia imaginar, ele continua descrente da história. Irritado com essa “assombração do MSN”, ele e seus amigos começam a investigar e, arriscando-se atrás de pistas, vivem uma emocionante aventura."


Achei “maneiro” o livro. haha Ainda estou na linguagem da trama, ok? rs Mas falando serio, amei o livro. Ele é super atual, linguagem informal, tecnológica e cheio de conversas da famosa ferramenta de conversas chamada: MSN. E é numa dessas – lindas e cheias de besteiras - conversas, que um grupo de quatro amigos, se vêem numa enrascada das grandes. Um espírito do além, com um nome super estranho, entra na conversa (sem ser convidado) e conversa com eles sobre seu suposto suicídio.

A história é narrada em primeira pessoa pelo Léo (Leonardo) que é cético e não acredita em nada sobrenatural. Consequentemente tem certeza que é um hacker, mas com o tempo e o desenrolar dos fatos, muda seu conceito (mesmo que não queira admitir nunca). A capa é característica e tem tudo a ver coma história do livro, isso mesmo até aquele frasquinho de remédio (que eu não vou dizer o que supostamente é haha) tem a ver com a história do livro. Como todos já devem saber isso é um fato importante para mim. A história e a capa em sintonia e plena harmonia.

Muito mistério e surpresas (um pouco óbvias, confesso) se desenrolam e acontecem no decorrer do livro, em cada capítulo. Eu devorei o livro em uma tarde, numa leitura super despojada e prazerosa. Se você quer um livro com um pouco de ação, sobrenatural, e inteligência (sim, porque os personagens para a idade deles são realmente super inteligentes). Recomendo a leitura de O Xamado

É um ótimo livro para as férias; Uma leitura rápida, envolvente e cheia de reviravoltas. Enquanto os jovens pensavam que tinham descoberto tudo, e poderiam dar um “fim” em toda história que estavam envolvidos, novos fatos aparecem e coloca-os em mais uma encrenca. Há toda a questão do lado psicológico e as reflexões que somos obrigados a fazer durante a realização da leitura. 

Investigação e aventura é o que compõe o livro. Vale a pena. Apesar de que em alguns momentos eu tive um pouco de raiva do Leonardo, por ele ser tão descrente e incrédulo, eu quis bater nele, vê se pode? Mas isso não vem ao caso. Foi a magia da escrita tomando conta de mim. Esse envolvimento com os personagens de algum livro ainda vão me machucar, hahaha. 

Leiam sem medo, é uma ótima leitura, e um divertido remédio para esquecer um pouco o clima de "perturbação" da vida. Onde comprar: Submarino - Bondfaro - Saraiva.

Vocês já leram este livro? Conversemos. Até amanhã. 

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.