26 de agosto de 2016

TAG: Hábitos de Leitura

Olá queridos! Tudo bem com vocês? Trago hoje a resposta de uma TAG que já está circulando por alguns blogs faz um tempinho e que só agora me deu vontade de fazê-la. hahaha É a chamada TAG: Hábitos de Leitura. Aos poucos vou fazendo mais TAGs e vendo se vocês gostam deste tipo de post. <3

Vamos começar. Peguei a TAG no blog Book & Cia da Thaianny Limp. 

1. Quando você lê? Manhã, tarde, noite, o dia inteiro ou quando tem tempo?

Ultimamente, tenho lido bastante somente no horário de almoço. É certeiro. Antes de almoçar tenho uma hora de leitura. Não chego a ler uma hora completa (pois estou no ônibus), mas rendo bastante.

2. Você lê apenas um livro de cada vez ?

Leio vários livros ao mesmo tempo e sem ordem obrigatória. Leio o livro que minha mente está pedindo e com saudades.

3. Qual seu lugar favorito para ler ?

Acredita que não tenho nenhum? haha Leio em qualquer lugar. Só não gosto de muito barulho, mas isso dá para driblar. Nos últimos anos parei de ler mais na cama. Logo me dá sono e não consigo mais ler com eficiência, rs. 

4. O que você faz primeiro: lê o livro ou vê o filme ?

Não tenho uma ordem. Depende muito. Tem filmes que assisto que só venho descobrir que tem livro semanas depois. Já outros li antes de uma ideia de lançamento de filme. Para mim, esta questão em nada interfere.

5. Qual formato de livro você prefere? E-book, áudio-livro ou livro físico ?

Desde 2012, tenho preferido e lido bem mais, e-books. Sem dúvida alguma. E agora em 2016 bem mais. 1) economia financeira 2) leveza 3) rapidez e mobilidade, foram alguns fatores que me fazem me render a praticidade do e-book. Amo folhear, cheirar o livro, etc., porém, leio bem melhor e-books.

6. Você tem um hábito exclusivo ao ler ?

Não. Sou bem tranquilo e sem jeito, mania ou hábito exclusivo.

7. As capas de uma série tem que combinar ou não importa ?

Essa questão tem sido irrelevante para mim há mais de dois anos. Só tenho uma exigência com capas: que elas remetam a algo da história. Façam sentido. Causem spoiler mesmo sem o leitor (antes de ter contato com a história) tenha ideia. Amo e acho necessário esse jogo de cintura. Acho bem bolado e enriquecedor para a obra por parte da Editora e autor(a). 

Confiram aqui o post oficial. Faço mais TAGs? Me indiquem! Até amanhã.  

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.