17 de fevereiro de 2017

Não só tenha ideias, as coloque em prática


Para a maioria das pessoas, muito do que se planeja, não sai do papel. E isso é um fator preocupante, pois ficamos deveras frustrados e sem energia mental para planejar tudo outra vez. O passo planejamento + ação fica nos 50% empacado. Sei bem disso porque já passei inúmeras vezes por essa situação. O post de hoje é para nos lembrar (e isso deve ser um exercício sempre) que devemos ter infinitas ideias sim, mas quando necessário, as colocar em prática!

Do que adianta ter um blog só na mente e não publicá-lo? Do que adianta marcar a data de aniversário de uma pessoa próxima e não parabenizá-la? São inúmeras as situações em que só ter ideias não basta. Foco para planejar, foco para executar. Ter estômago e coragem para expor nossas ideias nunca é fácil. Muitas vezes não é recebido de forma tão memorável também, mas cabe a cada um de nós ter maturidade e paciência, porque com zelo e perseverança, os resultados positivos vêm.

Creio que nenhuma ideia deve ser ignorada por completo ou rejeitada logo de início. Só se a mesma não for realmente útil e tiver reservas quanto a ela. Faça acontecer, coloque em prática. Resolva seu planejamento, bata suas metas, acabe com seus problemas se eles dependerem somente de você. É preciso energia para planejar, porém muito mais valor e esforço para colocar em prática. 

É um post simples, curto, mas objetivo. Com isso quero que a partir de hoje, todos nós que lemos este post, coloquemos em prática todos os nossos sonhos e planos engavetados, derrubando aquele mito de que não somos capazes de muita coisa, derrubando a auto-sabotagem que fazemos com nós mesmos, destruindo qualquer semelhança entre quem fracassa e nós. Você quer brilhar? Não estacione nos 50%. Até logo. 

Imagem do post: Tumblr.
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.