23 de setembro de 2015

Viver! Você tem feito isto?


Constantemente somos requisitados para inúmeros compromissos, formalidades e afazeres diários. Muitas destas vezes acabamos desequilibrando nossa vida e nossas prioridades por conta do trabalho, dos estudos, de algum problema que temos que resolver. Se você é daquele tipo de pessoa que está se sentindo prejudicado(a) com sua rotina atual reclamando porque nunca mais foi à praia, nunca mais foi para aquela balada maravilhosa do centro da cidade ou não fez aquela maratona do seu seriado favorito, então tem alguma coisa perigosa na sua rotina. Vamos conversar sobre isto.

Ninguém pode ser multitarefas. Digo isto por experiência própria de querer abraçar o mundo com as mãos, pernas e braços. Isso não existe. Pela lógica (e na prática) ou você se dedica 100% a uma atividade no momento ou você faz várias pela metade. Não dá excelência. Claro que em atividades mais "fáceis" e que não demandam muita ação de atenção você consegue fazer muito bem, entretanto quando precisamos parar e focar em determinada atividade não tem jeito. Ou faz bem feito ou não faz.

Imagina se eu fosse escrever dando inúmeras pausas e fazendo milhares de outras coisas? Como seria a qualidade e formação do meu texto? Certamente eu me perderia no raciocínio diversas vezes, como já aconteceu comigo ao fazer mil atividades ao mesmo tempo achando que daria conta. Leve engano. 

O que não podemos esquecer jamais é que estamos vivos e não é para cumprir tabela ou definir a vida em cima de horários. É para simplesmente viver! Ter qualidade de vida, ser feliz. Ninguém nasceu para sofrer, ninguém nasceu para fazer o outro sofrer. Viva sem prejudicar ninguém! Ache prazer nas mínimas coisas e de acordo com seu perfil pessoal resplandeça vida! 

Temos dentro de nós uma luz infinita, um amor imensurável de Deus, uma força cravada no nosso DNA. DNA de vencedor. Viver é vencer na vida. Quem muito vive, muito aproveita. Todos temos nossos compromissos mas não deixe isto te subir à cabeça e prejudicar seus momentos de lazer diários. Na minha humilde opinião, penso que, devemos todos os dias separar uns momentos (talvez uma hora) para fazermos aquilo que nos arrebata. 

Seja na cama com nosso cônjuge, seja na rua com nossos amigos, seja na sala com nosso box de filmes volume x. Não importa como. Cada pessoa tem seu prazer pessoal, sua forma de ser feliz, seus gostos íntimos. Cada um sabe o lazer que precisa. Então meu amigo e minha amiga leitor do blog, ache tempo para você. Não diga "se possível". FAÇA ser possível. Yoga, corrida, musculação, comer, assistir filmes, seriados, ler, dançar, enfim, são tantas coisas que você e eu gostamos que fica difícil não escolher algo para relaxar, não é?

Organize-se e encaixe na sua rotina o momento do dia "feliz". Neste momento e período do seu dia, esqueça do mundo e foque em você e na sua companhia, caso você esteja acompanhado. VIVA! Viva desde quando você abre os olhos até o momento que vai deitar sua cabeça no travesseiro. Apenas viver sem pressa. Todos nós merecemos ser feliz. Viver é uma busca pessoal incessante. Viver é relacionar-se consigo mesmo.

Viver! Você tem feito isto? 
Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

2 comentários:

  1. Viver é tudo!
    Eu estou aprendendo a viver intensamente, como se não houvesse o amanhã ser feliz com as pequenas coisas e claro, me amar mais e não esquecer de ser bondosa e amar ao próximo. ^_^
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz muito bem minha flor, que a bondade ande lado a lado com nossas atitudes! Obrigado pelo comentário lindo, grande beijo! <3

      Excluir

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.