17 de março de 2016

{RESENHA} Ainda não te disse nada - Maurício Gomyde


Olá amigos lindos, tudo bem com vocês? Hoje trago a resenha de um livro que eu li em mais ou menos em 5 horas. O maravilhoso livro "Ainda não te disse nada", do autor nacional Maurício Gomyde. É sobre esta obra que quero conversar. Comecemos. 


Nome: Ainda não te disse nada
Autor: Mauricio Gomyde
Editora no Brasil: Porto 71
Páginas: 233
Capítulos: 75

De acordo com a sinopse: "Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo..."


Sabe quando um livro te arrebata e você o acha tão bom, mas tão bom, que não sabe o que dizer na resenha? Foi como fiquei nos primeiros dias com este livro. Sem palavras. Sinceramente, não pensava que a história ia me prender tanto. E a última página então? Fantástica. Tudo se encaixou tanto profissionalmente, como a vida amorosa da personagem principal: Marina Albertini. 

Ela mesmo vindo do interior, tem garra, tem amigas inseparáveis de faculdade, é cortejada pelo professor mais lindo da escola e que todas as meninas babam; Trabalha nos correios e tem uma vida agitada, como todos na grande São Paulo. Estuda moda, enfim, é realizada e feliz com sua vida. 

O que acontece com ela no decorrer da trama é memorável e improvável. Mas provou-se não ser impossível. O autor mostra que veio para ficar no cenário da literatura nacional e que não veio para brincadeira. Que romance bem construído! A linearidade do texto entre os capítulos não nos cansa e nos faz querer saber mais e mais o que pode acontecer, como será o resultado de tão cena, etc.

Adorei as falas, as conversas, o autor soube fazer direitinho cada situação, sem deixar nada de fora, nem encher depois a linguiça (como costumam dizer). Ri demais com algumas situações. Longas risadas. A linguagem em algumas partes é muito extrovertida e de fácil compreensão. Tem alguns palavrões, mas nada que nos choque. Aliás, nada mais "normal" para as personagens, que são bastante imprevisíveis e, malucas de pedra. hahaha Adorei cada personalidade.

Eis um livro que você deve ler. A personagem é super romântica, super sensível, e o mais legal, não é nada besta. Ainda bem que ela não era a mocinha boa da história, só queria ter um grande amor, que marcasse sua vida. O que será que aconteceu? Será que ela conseguiu realizar esta façanha?

Achei a capa divina, tem tudo a ver com a história (o que é importantíssimo na minha opinião), e tem uns detalhes de outro material, que não são os mesmos da capa, nas folhas - cartas - da árvore, na capa do livro. A editora Porto 71 está de parabéns pela organização e cores do material. Tudo muito maravilhoso. E o autor que soube combinar, e juntar as palavras certas, parabéns também. 

Não vi pontos negativos, pelo menos não significativos.

Minha avaliação geral é:

- Nota da capa e contra capa: 10
- Grafia e páginas: 9,8
- Personagens: 9,8

Nota final: 9,8

No mais é isto. Depois de tudo o que foi dito, não preciso me prolongar, né? Recomendo demais a leitura. Especialmente para os amantes de um bom romance docinho e cheio de saudades como o amor. Um abraço de luz, até amanhã. 

Ewerton Lenildo
Ewerton Lenildo

Garanto tudo, menos dignidade. Sou o furacão dos dias mansos e a brisa das trovoadas. Gosto dos detalhes e dos temperos fortes. Tudo o que eu faço na minha vida, faço com supremacia. Onde escrevo: o Viajante das Letras e o Vegano Recifense. 🌲 🌳 🌴

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laços atemporais

Não tenho para onde fugir. Desde sempre quando falo de livro, em livro, com livro, meu coração transborda de amor e vício louco. Quando passo numa banca de DVDs não consigo deixá-la de lado. Tenho que ir, ver, comentar, compartilhar, abraçar. Esta categoria representa tudo o que implica a minha mais alta motivação. Sou bibliófilo, cinéfilo de carteirinha. Passo horas em pé na livraria e perco a noção do tempo. Falar de coisas boa me dá combustível para viver e esta categoria está recheada de presentes bons. Saiba mais aqui.

Festim enigmático

Sempre estou em festa quando falo sobre tecnologia, relacionamentos, inspirações, etc. É isto o que esta categoria representa. Queria um nome que representasse festa, ao mesmo tempo que me inspirasse e a palavra "enigmático" cai como uma luva. Trata de uma euforia que não consigo ignorar. Saiba mais aqui.

Atauúba atiaîa

Eu estava procurando uma maneira de homenagear os povos indígenas de alguma forma no meu blog. Pouquíssimas pessoas sabem, mas recentemente descobri que tenho descendência indígena de bem próxima o que me deixou mais apaixonado e agradecido ainda. Procurei algo mais geral, pois é sabido que há inúmeras tribos espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Procurei algo em tupi guarani (língua em que o nome da categoria está escrita) e achei a combinação de duas palavras. Atauúba (flecha incendiária) Atiaîa (raio de luz que reflete luminosidade). O termo Atauúba atiaîa significa a modo grosso "flecha incendiária de luz" e é tudo o que esta categoria representa para mim quando falo de organização, estudos, etc. É uma maneira mínima de honrar nossos irmãos indígenas ainda hoje tão maltratados, perseguidos e injustiçados. Saiba mais aqui.